Notícias do Congresso

Assessoria Parlamentar


Cabe à Assessoria Parlamentar representar a categoria junto ao legislativo, levando aos parlamentares informações específicas sobre a posição do empresariado hoteleiro, gastronômico e turístico, contribuindo para uma legislação mais justa e adequada ao setor.
 
 

Registre-se

You need to enable user registration from User Manager/Options in the backend of Joomla before this module will activate.

Login

Segunda, 06 Outubro 2014 16:50

Agência Senado : Eleitos para o Senado

Escrito por

O Senado foi renovado em um terço nestas eleições. Os nomes de 27 novos parlamentares, portanto, saíram das urnas neste domingo. Veja a lista dos eleitos:

 

Acre (AC) - Com 58,37% dos votos válidos (218,5 mil votos), Gladson Cameli (PP) foi eleito senador pelo Acre, derrotando a deputada federal Perpétua Almeida (PCdoB), que alcançou 36,48% dos votos (136,5 mil votos).

 

Alagoas (AL) - O senador Fernando Collor de Mello (PTB) obteve 55,6% dos votos válidos (689,2 mil votos) e conquistou mais um mandato de oito anos no Senado. A segunda colocada é a ex-senadora Heloísa Helena (PSOL), com 31% dos votos válidos (394,3 mil votos).

 

Amapá (AP) - O deputado federal David Alcolumbre (DEM) foi eleito no Amapá para ocupar uma vaga no Senado. Com pouco mais de 36% dos votos válidos (131 mil), ele superou por 7 mil votos o segundo colocado na disputa, o ex-senador Gilvam Borges (PMDB), que conquistou 124 mil votos (34% do eleitorado).

 

Amazonas (AM) - Omar Aziz, do PSD, foi o escolhido pelos amazonenses para ocupar a vaga no Senado de 2015 até 2022. Aziz conseguiu mais de 930 mil votos, o que equivale a 58,51% dos votos válidos. O concorrente Praciano (PT) alcançou menos de 550 mil votos, o equivalente a 34,42%. Omar Aziz ocupará a vaga do senador Alfredo Nascimento (PR).

 

Bahia (BA) - O médico Otto Alencar (PSD) venceu a disputa para o Senado na Bahia, com 56% dos votos válidos (3,3 milhões de votos) contra 34,5% do principal adversário, o peemedebista Geddel Vieira Lima, que atingiu 2 milhões de votos.

 

Ceará (CE) - Com mais de 90% das urnas apuradas até agora, Tasso Jereissati (PSDB) retorna ao Senado pelo Ceará. O tucano alcançou 58% dos votos válidos contra 39% do segundo colocado, Mauro Filho (PROS).

 

Distrito Federal - Antonio Reguffe (PDT) foi eleito senador pelo Distrito Federal. Com 100% das urnas apuradas, o pedetista alcançou a marca de 57,61% dos votos válidos (826.576). Reguffe venceu a disputa contra o atual dono da vaga, Gim (PTB), que tentava a reeleição e conquistou 18,93% (271.525), e o deputado federal Geraldo Magela (PT-DF), que ficou com 18,8% (269.791).

 

Espírito Santo - A deputada federal Rose de Freitas (PMDB-ES) é a nova senadora do Espírito Santo. Ao final da apuração no estado, ela atingiu 46,23% dos votos válidos e garantiu a dianteira na disputa. Ela superou o ex-prefeito de Vila Velha Neucimar Fraga (PV), que marcou 31% nas urnas, e o ex-prefeito de Vitória João Coser (PT), que ficou com 20%.

 

Goiás (GO) - O deputado federal Ronaldo Caiado (DEM) foi eleito senador pelo estado de Goiás. Com 100% das urnas apuradas, Caiado alcança 47,57% dos votos válidos (1,2 milhão), suficiente para assegurar a cadeira de senador. Nas urnas, o democrata superou o secretário de estado da Casa Civil Vilmar Rocha (PSD), que marcou 37,52% (1 milhão), e a ex-vereadora de Goiânia Marina Sant’anna (PT), que teve 11,7% (298 mil).

 

Maranhão (MA) - Com 51,4% dos votos válidos (1,4 milhão), Roberto Rocha (PSB) elegeu-se senador pelo Maranhão. Ele superou o candidato do PMDB, Gastão Vieira (44%), que teve o apoio de José Sarney e chegou a 1,2 milhão de votos. O vencedor é representante da coligação formada por mais oito partidos: PCdoB, PTC, PPS, PDT, PSDB, PP, PROS e Solidariedade.

 

Mato Grosso (MT) - Apuradas 98,06% das urnas, foi eleito para a vaga de senador por Mato Grosso o deputado federal por seis mandatos Wellington Fagundes (PR), com 48,2% dos votos válidos (634,5 mil votos) contra 40,3% de Rogério Salles (PSDB), ex-prefeito de Rondonópolis, que obteve 529,9 mil votos.

 

Mato Grosso do Sul (MS) - Simone Tebet, do PMDB, foi eleita senadora pelo Mato Grosso do Sul com 52,61% dos votos válidos (640.336). Ela disputava com o petista Ricardo Ayache, que alcançou 23,09% dos votos (281.022). Em terceiro lugar ficou Alcides Bernal, do PP, com 16,78% dos votos (204.262). Simone ocupará a vaga do atual senador Ruben Figueiró (PSDB), que assumiu o cargo após renúncia da ex-senadora Marisa Serrano (PSDB) para assumir o cargo de conselheira do Tribunal de Contas do estado.

 

Minas Gerais (MG) - O candidato Antonio Anastasia (PSDB) confirmou o favoritismo e foi eleito senador por Minas Gerais. Com 100% dos votos apurados, ele registrou 56,7% dos votos válidos, o correspondente a 5,1 milhões, superando o segundo colocado Josué Alencar (PMDB), com 40,1% - 3,6 milhões.

 

Pará (PA) - O ex-deputado Paulo Rocha (PT) foi eleito senador pelo Pará com 46,3% dos votos (1,5 milhão de votos), derrotando Jefferson Lima, do PP, que obteve 741,4 mil votos (21,92% do total).

 

Paraíba (PB) - José Maranhão (PMDB) foi eleito senador pela Paraíba com 37,21% dos votos válidos (647 mil). Ele venceu o petista Lucélio Cartaxo, que obteve 29,8% (521 mil). Duas vezes governador, uma vez vice-governador, um mandato no Senado, três na Câmara dos Deputados e quatro como deputado estadual — essa é a bagagem política que José Maranhão vai trazer para sua segunda passagem pelo Senado.

 

Paraná - Com a apuração já encerrada no Paraná, Alvaro Dias (PSDB) foi reeleito senador pelo estado com 77% dos votos válidos. O tucano totalizou pouco mais de 4 milhões de votos, vencendo com folga o segundo colocado, Ricardo Gomyde (PCdoB), que recebeu 659.326 votos, o equivalente a 12,48% do total. Prestes a completar 70 anos, em dezembro, o senador segue no Senado para seu quarto mandato..

 

Pernambuco (PE) - O ex-deputado, ex-prefeito de Petrolina e ex-ministro da Integração Nacional do governo Dilma Rousseff, Fernando Bezerra, foi o escolhido dos eleitores de Pernambuco para a vaga no Senado. Ele obteve 64,4% dos votos válidos, o que equivale a mais de 2,6 milhões, derrotando o candidato petista João Paulo, que recebeu 34% dos votos (1,4 milhão).

 

Piauí (PI) - O novo senador do estado do Piauí atende pelo apelido de “Veín Trabalhador”. Elmano Férrer, do PTB, ultrapassou a marca de 62% dos votos válidos (981,2 mil votos). Ex-prefeito de Teresina, ele superou o governador Wilson Martins, que alcançou aproximadamente 37% nas urnas (562,6 mil votos).

 

Rio de Janeiro (RJ) - O atual deputado federal Romário (PSB) foi eleito senador pelo Rio de Janeiro. É a segunda vitória de sua carreira política iniciada nas eleições de 2010, quando obteve uma vaga na Câmara. Ele recebeu mais de 63,3% dos votos (4,6 milhões), derrotando o ex-prefeito Cesar Maia (DEM), que obteve 20,51% - 1,5 milhão.

 

eleito senador pelo Rio de Janeiro. É a segunda vitória de sua carreira política iniciada nas eleições de 2010, quando obteve uma vaga na Câmara. Ele recebeu mais de 63% dos votos, derrotando o ex-prefeito Cesar Maia (DEM).

 

Rio Grande do Norte (RN) - Fátima Bezerra, do PT, é a nova senadora do Rio Grande do Norte, com mais de 808 mil votos (54,87% dos votos válidos). Ela superou a rival Vilma Maria de Faria, do PSB, que alcançou pouco mais de 636,8 mil votos (43,23% dos votos válidos). Fátima entra no lugar da atual senadora Ivonete Dantas, do PMDB.

 

Rio Grande do Sul (RS) - Ao fim da apuração no Rio Grande do Sul, Lasier Martins (PDT) foi eleito senador com 37,4% dos votos válidos (2,1 milhões). Estreante na política, ele venceu a disputa apertada com o petista Olívio Dutra, que obteve 35,31% dos votos, correspondente a 2 milhões de votos. Em outubro de 2013, o jornalista Lasier Martins deixou o cargo de repórter da RBS, emissora de televisão gaúcha, para se dedicar à carreira política, filiando-se ao PDT. Em sua primeira disputa, ele foi eleito para o Senado contra o ex-deputado, ex-governador e ex-prefeito Olívio Dutra (PT).

 

Rondônia (RO) - Acir Gurgacz, do PDT, foi reeleito senador por Rondônia com 42% dos votos válidos (312,6 mil votos). O candidato Moreira Mendes, do PSD, conseguiu 25,9% dos votos válidos nas urnas (193,1 mil votos) e Ivone Cassol, do PP, ficou com 22%.

 

Roraima (RR) - Telmário Mota (PDT)foi eleito senador por Roraima com 41% dos votos válidos (96,8 mil votos). Ele venceu a disputa com o deputado federal Luciano Castro (PR) e o atual governador Anchieta (PSDB), que alcançaram 21,3% (50,1 mil votos) e 20,5% respectivamente.

 

Santa Catarina (SC) - O ex-prefeito de Florianópolis Dário Berger, do PMDB, venceu a eleição para o Senado em Santa Catarina e representará o estado no Senado Federal. Berger conquistou 42,8% dos votos válidos na reta final da apuração, o equivalente a 1,3 milhão de votos. Ele derrotou Paulo Bornhausen (PSB), secretário estadual de Desenvolvimento Econômico Sustentável, que atinge 38,5% dos votos (1,1 milhão).

 

São Paulo (SP) - José Serra é o novo senador pelo estado de São Paulo. Ele obteve 58,5% dos votos válidos (11,1milhões votos). Esta é a segunda vez que ocupa o cargo: Serra se elegeu pela primeira vez em 1994. O segundo colocado foi Eduardo Suplicy (PT), com 32,5% dos votos (6,1milhões de votos).

 

Sergipe (SE) - Com 48,9% dos votos válidos (448 mil votos), Maria do Carmo Alves (DEM) conseguiu renovar seu mandato no Senado por Sergipe, superando o adversário do PT, Rogério Carvalho (45,5%), que fez 416 mil votos.

 

Tocantins (TO) - Katia Regina de Abreu foi reeleita senadora pelo estado de Tocantins nas eleições de 2014. Em uma disputa apertada, ela alcançou 41,64% dos votos, o equivalente a 282 mil, enquanto o segundo colocado na disputa, Eduardo Gomes (SD), obteve 40,77% (278 mil). Eleita pela primeira vez em 2006 para a Câmara Alta, ela também já havia sido deputada federal.

banner01.jpg




Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades sobre a indústria e mercado.







Consulte aqui todas as edições da newsletter.

Sinopse Legislativa

Compilamos a tramitação das matérias de interesse da FBHA, em acompanhamento no Congresso Nacional - Câmara dos Deputados e Senado Federal...
Conheça